Escucho el silencio del tiempo que pasa _ escuto agora o silêncio, me quedo con él y en él, entro en las letras y en los números _ atravesso letras e números, embalo e calo _ las callo y los cuento, busco el prodígio de la relación constante _ afloro o prodígio da relação constante, a assombrosa claridade do silêncio, o encontro transparente da verdade _ el asombro cintilante de la vida ____ SOY pi & phi _

1/3/09
















Ponte de ferro,
linhas cruzadas,

matemática inútil,

país sem fronteira,

vidas misturadas,
río sem margem,

caminho a dês-aprender,

união de bocas,
medo a cair.




Ponte de ferro,
atravessar tua pele com minha pele atravessada,

esquecendo quem fui.




E as palavras,
as palavras,
as palavras...
Sempre as palavras!
colándose ocas entre pi e phi,
justificando pontes de ferro
que não deveriam existir.








1 comentario:

~pi dijo...

COMO TUDO

DE-PENDE M A S PONTE S

DO USO QUE SE LHE S DÁ.

( A-PENAS,,,

Archivo del blog

DMCA.com