Escucho el silencio del tiempo que pasa _ escuto agora o silêncio, me quedo con él y en él, entro en las letras y en los números _ atravesso letras e números, embalo e calo _ las callo y los cuento, busco el prodígio de la relación constante _ afloro o prodígio da relação constante, a assombrosa claridade do silêncio, o encontro transparente da verdade _ el asombro cintilante de la vida ____ SOY pi & phi _

5/5/09


















Fui o homem que sorri,
aquele que voou os ventos dos desertos do norte,
o que cruzou o mundo para viver,
voltou a atravessá-lo
e retornou.

Fui tão jovem
que quase não me dim conta,
tão feliz
que quase parece-me mentira.

E hoje,
quero aquela felicidade,
com o mesmo sentimento
com o mesmo desejo,
com a mesma vontade de cruzar o mundo.

Hoje sei que tudo foi verdade,
que tudo o é
e por isso sorrio de novo,
porque gosto de viver.


















1 comentario:

~pi dijo...

ris como

se o medo

não existisse

( e o mundo todo

ris se

as sim

des

prendido,






~

Archivo del blog

DMCA.com