Escucho el silencio del tiempo que pasa _ escuto agora o silêncio, me quedo con él y en él, entro en las letras y en los números _ atravesso letras e números, embalo e calo _ las callo y los cuento, busco el prodígio de la relación constante _ afloro o prodígio da relação constante, a assombrosa claridade do silêncio, o encontro transparente da verdade _ el asombro cintilante de la vida ____ SOY pi & phi _

6/11/09








A única sabedoria será o esquecimento,





não haverá mais nada que essa transparência do vivo,





a intermitência de uma libélula no ar.

















Só assim,





des-aprendendo os cantos do passado,





ignorando suas portas, seus muros






e escutando ao ar passar,





poderase alcançar a liberdade de começar





a intuir a verdade dum propio.







2 comentarios:

in_side dijo...

escutando.o.silêncio,

avançando.o.silêncio

co-fi-ando.in-teiro

)sendo.nele.in-teiro,

(eco,eco,

in-visível.passo,





*

anatema dijo...

Mi querida Pi.

La libertad va contigo.

En el avance y en el retroceso.

Siempre la libertad.

Un gran abrazo.

Concha

Archivo del blog

DMCA.com