Escucho el silencio del tiempo que pasa _ escuto agora o silêncio, me quedo con él y en él, entro en las letras y en los números _ atravesso letras e números, embalo e calo _ las callo y los cuento, busco el prodígio de la relación constante _ afloro o prodígio da relação constante, a assombrosa claridade do silêncio, o encontro transparente da verdade _ el asombro cintilante de la vida ____ SOY pi & phi _

20/11/09








Conhecim mulheres com muitas formas,

mulheres grandes,

pequenas,

com quadris ajustadas,

com quadris hiper dimensionadas,

mulheres de olhos azuis,

de olhos pretos,

sem olhos,

mulheres de peitos pequenos,

de peitos voluptuosos.

de peitos maternais,

mulheres de pernas compridas,

de pernas rígidas,

de nariz feia,

de nariz incluída,

mulheres de cu grande,

de cu sob medida,

de lábios inertes,

de lábios candentes,

mulheres de vagina aberta e úmida,

de vagina escondida,

de braços que abraçam,

de braços que empurram,

de mãos que abrem mundos,

de mãos que os escondem.

mulheres de pés redondos e grossos,

de pés retangulares,

de cabelo da cor de uma noz,

de cabelo comum e estupido,

de costas acolhedoras,

de costas planas,

mulheres de pescoços com marcas vermelhas,

de pescoços desaparecidos.





Já conhecim muitas mulheres
e de todas me esqueçim contigo.





O que não tenho esquecido,
são os homens que não tenho conhecido
e que tu ainda conheces.




















No hay comentarios:

Archivo del blog

DMCA.com