Escucho el silencio del tiempo que pasa _ escuto agora o silêncio, me quedo con él y en él, entro en las letras y en los números _ atravesso letras e números, embalo e calo _ las callo y los cuento, busco el prodígio de la relación constante _ afloro o prodígio da relação constante, a assombrosa claridade do silêncio, o encontro transparente da verdade _ el asombro cintilante de la vida ____ SOY pi & phi _

20/2/09




~









era tanta coisa para

fazer

( as visitas as compras escavar




arrumar gavetas

dissecar faróis

pintar os pós ( assorrisar-se



fechar a guarda abrir o sol



apertar parafusos

atravessar multidões

cuspir os números rasgar os

códigos

cortar à faca coser botões



fugir à chuva abrir as covas

comprar cadências

contar avós ( de cera e mós

dissecar notícias

espumar o corpo

arrancar lençóis


apelar circulações


( de novo às covas

lançar as pedras

fazer as camas - deitar-se nelas

murmurações



e dar os nós e dar a voz e ser



de só(s









3 comentarios:

AFRANIO dijo...

Sim, era muito a fazer, mais era, ja nao é.

~pi dijo...

" my love is coming in a glass

the blood of the Bourbons..." ?

jacker dijo...

biduoshao
zanghua650
hongyan7530
yueguangshi
yuchangjian

Archivo del blog

DMCA.com