Escucho el silencio del tiempo que pasa _ escuto agora o silêncio, me quedo con él y en él, entro en las letras y en los números _ atravesso letras e números, embalo e calo _ las callo y los cuento, busco el prodígio de la relación constante _ afloro o prodígio da relação constante, a assombrosa claridade do silêncio, o encontro transparente da verdade _ el asombro cintilante de la vida ____ SOY pi & phi _

29/10/09






Menina que vem sem nome

nomeando a quem a esperou,

à água, à luz, ao homem

e à mulher que a engendrou.





Menina que vem renomada

por aqueles que a esperam vir,

que vive na alma guardada,

cravada no coração de rir.





Menina que nomearemos

filha da nossa vida enteira,

menina que ainda não temos,

pela que os dois viviremos,

até ver-te nascer verdadeira.



















1 comentario:

in_side dijo...

menina

d`água.

[olhos.de.lua.verde,´

olhos.de.poço.fundo,




*

DMCA.com