Escucho el silencio del tiempo que pasa _ escuto agora o silêncio, me quedo con él y en él, entro en las letras y en los números _ atravesso letras e números, embalo e calo _ las callo y los cuento, busco el prodígio de la relación constante _ afloro o prodígio da relação constante, a assombrosa claridade do silêncio, o encontro transparente da verdade _ el asombro cintilante de la vida ____ SOY pi & phi _

24/10/09













Continuo acordando cedo,

pensando em ti,

sem saber muito bem que fazer.





E ainda bem que o ansiolitico me acalma,

que o antidepressivo me mantêm,

que sete comprimidos mais atacam ao vírus,

e que um redondo e branquinho bloqueia a diabete.







Não sei o que seria do meu corpo sem eles,

como não sei que é dele sem ti,

que acorda cedo,

sem saber muito bem que fazer.









1 comentario:

Anónimo dijo...

Sabemos

sempre!

(falta

a

coragem...)

DMCA.com